segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Os 25 melhores jogos do Mega Drive



NASCIMENTO: 29 de outubro de 1988
DESCONTINUADO: 1997
ESTIMATIVA DE VENDAS: 40 milhões
HISTÓRIA:
O Mega Drive também conhecido como Sega Genesis, foi o primeiro console de 16 bits do mercado inaugurando a quarta geração dos videogames. Desenvolvido e produzido pela SEGA, sendo seu terceiro console em fabricação e seu maior sucesso comercial. O Mega Drive teve vários feitos históricos:

Conseguiu quebrar o monopólio da Nintendo no mercado ocidental, principalmente nos EUA. Tornou a Sega líder do mercado mundial. Criou uma rivalidade sem precedentes entre as duas empresas nipônicas fazendo que o mercado tornasse promissor e atrativo. Lançou um personagem ícone daquela geração, o Sonic The Hedgehog que rivalizou o Mario Bros da Nintendo. Lançou o primeiro controle de 3 botões e o de 6 botões. E lançou diversos jogos clássicos que até hoje constam em lista dos melhores jogos de todos os tempos.

O videogame tinha como força o seu processador veloz e isso lhe favoreceu em jogos que exigiam vários elementos simultâneos na tela. Dessa forma jogos de esporte, tiro e ação destacavam no console. Mas em contrapartida seu calcanhar de aquiles era o processador sonoro e a quantidade de cores, onde seu principal rival, o Super Nintendo, levava vantagem.

Foi descontinuado oficialmente pela Sega em 1997, mas até hoje o console é fabricado  por terceiros licenciados como a TecToy, Jaleco e a AT Games. Pra muitos é considerado um dos melhores videogames de todos os tempos.


25º - Strider, 1989 (Capcom): 

Sucesso dos arcades finalmente recebe a versão caseira definitiva que faria sucesso comercial. Com o poder do Mega Drive a Capcom pode enfim lançar o jogo quase do mesmo nível dos arcades da época. Resultado a versão do Mega tornou-se clássica e foi uma das primeiras adaptações fieis ao fliperama. Detalhe o cartucho foi o primeiro a ter 8 mega de memória, feito revolucionário para época.

24º - Toejam & Earl, 1991 (Sega)

Dois alienígenas pirados caem no nosso planeta acidentalmente e precisam recuperar as peças da sua nave espacial. Você deve ajudá-los e para isso você conta com diversos presentes inusitados nas fases, jogar tomates nos humanos e claro dançar funk para descontrair um pouco. O jogo foi elogiado por diversas mídias, devida a sua originalidade e por conceitos inovadores pra época, como por exemplo, poder jogar com 2 jogadores em tela dividida e mesmo assim poder se comunicar com o parceiro quando próximos a tela. Notável por ser um dos primeiros jogos a usar a divisão de tela cooperativa.

23º - Thunder Force IV, 1992 (Tecnosoft)













Durante sua longa carreira o Mega Drive recebeu diversos jogos de shooters, conhecido por nossas bandas como jogos de navinha. Esse gênero fez muito bonito no console, por causa do seu processador veloz permitindo jogos rápidos e muitos inimigos na tela. E uma coisa é certa, Thunder Force IV está entre os melhores jogos do gênero e não poderia faltar no Top para Mega Drive. Ele apresenta visuais surpreendentes e batalhas épicas com chefes gigantes. Ele usa e abusa do efeito parallax. Além disso a sensação de liberdade nas fases é impressionante, coisa única do gênero. Sem contar com uma trilha sonora bem rock and roll, lembrando bastantes rifes de bandas metaleiras.

22º - Truxton, 1989 (Toaplan)

É difícil encontrar adjetivos para esse jogo desenvolvido pela Toaplan lançado originalmente em 1988 para os arcades. Foi relançado pela Sega para Mega Drive em 1989. O game é simplesmente um shooter (shooter 'em up) viciante do início ao fim. Os gráficos são bem simples e a tela de ação é vertical. Desafiante em qualquer nível de dificuldade, Truxton será capaz de lhe tirar horas de vida social principalmente se você for um amante de jogos de navinha! 

21º - Castlevania Bloodlines, 1994 (Konami)


Foi o primeiro Castlevania lançado para um console da Sega, que iria aparecer pela última vez no Saturn com Dracula X, é, a Konami tinha birra mesmo com a Sega! Pelo menos ela não fez feio e o Castlevania do Mega é considerado um dos melhores da franquia. No jogo você escolhia entre dois personagens: John Morris e Eric Lecarde. O primeiro usa chicote como arma principal e o segundo uma lança. A história se passa em 1917 onde a sobrinha de Drácula, Elizabeth, tem planos de trazer de volta o Conde Drácula. Sabendo dos seus planos maléficos, John cuja linhagem de sua família tem relação com o clá Belmont, possui o chicote mágico, Vampire Killer, que é capaz de derrotar  todos seres malignos inclusive Drácula. Então ele parte para o Castelo do Conde junto com seu amigo Eric para derrubar as forças do mal! Gráficos, som e jogabilidades acima da média. Bloodlines prova que Castlevania deveria sempre sair para os consoles da empresa do logo azul.

20º - Earthworm Jim, 1994 (Shiny Entertainement e Virgin)

Jim é uma minhoca maluca que usa um traje cibernético que lhe concede o poder de andar como humanos e usar diversas habilidades. O game foi bem recebido pelos gráficos e som impecáveis. Além disso o jogo tinha uma jogabilidade precisa e dinâmica. Mas o destaque ficava mesmo pelas animações dos personagens, principalmente de Jim que oferecia um humor bem non sense. Até as composições musicais faziam paródia com as músicas clássicas. Detalhe foi o primeiro jogo a receber 100% de avaliação crítica de uma revista especializada americana.

19º - Crusader of Centy, 1994 (Nex Tech, Sega e Atlus)

Ele segue a mesma linha do excelente rpg-ação de Beyond Oasis também para Mega Drive, mas foi inspirado pelo excelente The Legend of Zelda: A Link to the Past. Alguns o acusam de clonagem, mas o fato é que Crusader tem sua identidade e carisma própria. O jogo possui um dos melhores gráficos e sons do gênero para Mega perdendo apenas para o recente lançado Pier Solar. Jogabilidade simples e uma história bem fraquinha, o torna um jogo bem divertido. Como boa parte da história de rpgs você será um garoto típico de idade média que irá entrar numa jornada encontrando e fazendo amigos para derrotar monstros do mal! É eu sei, você já cansou disso, mas que é divertido isso é! Curiosidade o jogo é conhecido na Europa como Soleil e no Japão Ragnacenty.

18º - Ristar, 1995 (Sega)













Outro game lançado em 1995 para mostrar que o Mega estava vivinho da silva. A estrelinha pop da Sonic Team faz de tudo para te fisgar pelo seu visual bonito e colorido. Mas não se engane, o game não é tão fácil como se parece. As fases oferecem desafio que vão tirar cabelo de muito jogador experiente. Com belos gráficos e músicas lindas, Ristar facilmente conquista os amantes de jogos de aventura.

17º - Samurai Shodown, 1993 (Takara)

A Takara aproveitando o sucesso de Samurai Shodown da SNK para os arcades, providenciou um cartucho campeão para os donos do Mega Drive. Sim! é campeão! Você irá louvar! O cartucho tem 24 mega de memória e o espaço foi bem aproveitado. A versão do Mega sofreu adaptações para suportar a conversão, lembre que na época o Arcade era mais parrudo que os consoles caseiros. Portanto houve vários cortes de animação, vozes, o efeito de zoom e a retirada do lutador Earthquake que ocuparia muito espaço na memória. Apesar disso tudo, o Samurai Shodown do Mega deu um banho de sangue literalmente na versão do concorrente direto. A jogabilidade está suave e rápida. Os gráficos continuam bonitos e o som é digno de melodias de samurai. Aqui o Ippon! está garantido!

16º - Super Street Fighter 2, 1994 (Capcom)

Enfim a Capcom tomou vergonha na cara e lançou o Super Street Fighter 2 para Mega Drive simultaneamente com o Snes. Por que vergonha meu amigo? É que você não sabe que a Capcom lançou Street Fighter 2 para o Mega depois de um ano do lançamento de SF 2 para o Snes. Revoltas a parte, a Capcom enfim foi perdoada pelos donos de Mega Drive com um cartucho de 40 mega! Uau! Na época era o cartucho com maior espaço de memória já usado, somente ultrapassado recentemente por Pier Solar que tem 64 mega de memória. Falando do jogo, o Super Street Fighter 2 do Mega está bem próximo da jogabilidade do arcade. Os gráficos evidentemente foram enxutos, porém todos os golpes e quase todas as vozes estão inclusas. Apesar das vozes serem um pouco rouca em relação ao original, tornou-se um clássico sonoro do sistema 16 bits. Escutar hadouken no Mega Drive é pura nostalgia! O resto são nada menos que 16 lutadores disponível!

15º - Moonwalker, 1990 (Sega)

A fórmula do sucesso: pegue um astro pop do momento e o transforme em um herói de um game. Essa foi a ideia que a Sega teve com Moonwalker,colocando  Michael Jackson como estrela do jogo. O game é baseado no filme homônimo de 1988.  A missão do jogo é basicamente salvar as crianças das garras do vilão Mr. Big e para isso Michael utiliza seus poderes de pop star e claro a dança embalado com suas canções épicas. Alem de jogar, claro, você irá ouvir belas composições como Bad, Billie Jean, Beat It, Smooth Criminal e Another Part of Me. Clássico dos clássicos!

14º - Road Rash 2, 1992 (Electronic Arts)
O primeiro inovou em todos os aspectos, mas foi Road Rash 2 que a franquia ficou na melhor forma. Bons gráficos, músicas inspiradas em baladas roqueiras e uma jogabilidade excelente. Você irá correr em 5 estados americanos (Alasca, Hawai, Tennessee, Arizona e Vermont) divididas em cincos níveis crescentes. Durante a corrida você encontrará diversos obstáculos seja pelos competidores que farão de tudo pra te tirar da pista, seja pela polícia, pelos carros, pelos animais e até por ciganos que ficam no meio da pista. É com certeza um dos games mais divertidos do Mega Drive e claro muitas risadas estarão reservadas para você!

13º - Desert Strike: Return to the Gulf, 1992 (Electronic Arts)

A Electronic Arts era a maior parceira da Sega, e como o processador do Mega ajudava, a empresa viu nele o potencial de fazer belos games de esportes e estratégias. Dessa forma Desert Strike é considerado como o melhor jogo de estratégia de helicóptero até hoje. O game é todo em perspectiva isométrica. O game tem ótima fluidez e raro momento terá slowdown. Na época Desert Strike foi sucesso absoluto de crítica e público. O jogo foi inspirado na Guerra do Golfo e retrata o conflito entre um ditador do Oriente Médio e o Estados Unidos. Você controla um helicóptero Apache que tem como missão destruir instalações, bases e armas inimigas, resgatar reféns, capturar inimigos enquanto gerencia o abastecimento de combustível e munição.

12º - Contra Hard Corps, 1994 (Konami)

Quando se fala em games de plataforma ação com tiro, Contra sempre foi lembrado, mas foi no Mega Drive que ele conseguiu ser um arrasa quarteirão, digno de filmes de ação blockbuster. É ação e bala pra todo lado. Inimigos lotam a telinha, explosões derrubam prédios, robôs gigantes tentam fazer de tudo para te acertar com lançamentos de objetos e até parar trem em pleno movimento. Isso são alguns exemplos que você irá deparar durante o jogo. Além desse nível de ação desenfreada o game estuprou literalmente o Mega Drive com efeitos jamais vistos no console, como zoom e rotação. O som também acompanhava no mesmo nível, empolgando o jogador a não desistir tão fácil. O jogo tinha vários finais diferentes, quatro personagens selecionáveis, mais fases e um desafio pedreira. Um game inesquecível e do mesmo naipe de gigantes como Gunstar Heroes, Alien Soldier e Adventures of Batman & Robin todos para o Mega Drive. Infelizmente tive que escolher um deles que representassem na lista o gênero. Contra foi escolhido porque provou aos jogadores a diferença de hardware entre o Snes e o Mega, jogue Contra III do Snes e depois jogue o Contra Hard Corps do Mega e verá a diferença.

11º - Shinobi III: Return of the Ninja Master, 1993 (Sega)

O ninja mais famoso dos games, Joe Musashi, ganhou da Sega um verdadeiro presente, uma aventura de primeira linha. Com novas habilidades, novas magias e estágios com níveis de dificuldades equilibradas e desafiantes. Sucedendo o antigo game The Revenge of Shinobi, de 1989, este título herda de seu predecessor todo o seu esplendor e suntuosidade, adicionando-se, claro, um aperfeiçoamento nos gráficos, qualidade sonora, jogabilidade, etc. Saiba por quê esse game ainda hoje é tão respeitado, ovacionado e aplaudido (principalmente entre os gamers mais antigos).

10º - Kid Chameleon, 1992 (Sega)

Com certeza os jogadores mais novos nunca ouviram falar dele, mas na época era considerado um dos games mais difíceis de terminar. Primeiro o game tinha mais de 100 fases (cerca de 1850 estágios) e segundo os desafios eram cabeludos. Detalhe o game era longo e não tinha bateria de save. Os gráficos eram simples mas eram bonitos. Mas o que era legal do game era as transformações do herói camaleão, ao todo ele recebia 10 máscaras que lhe concedia poderes especiais. Tá curioso? Vá jogar e experimente esse clássico!

09º - Comix Zone, 1995 (Sega)

Simplesmente uma obra prima que até hoje continua único e original. Na geração 16 bits existiam muitos jogos de plataforma beat em ups baseado em heróis HQs, entretanto nenhum abordou uma relação mais intima entre as histórias do HQs com os jogos eletrônicos até chegar Comix Zone que definitivamente criou uma história interativa entre o jogador e um quadrinho eletrônico. Isso mesmo, Comix Zone pode-se ser taxado facilmente de um quadrinho eletrônico. Ora já na introdução do jogo você encarnará um desenhista, Sketch Tuner, que foi sugado pelo sua própria história em quadrinho, na qual deve lutar contra sua criação do mal, o vilão Mortus e de praxe salvar Alissa. Ao começar o jogo você percebe a imersão realista do nível design das fases com relação a um gibi de verdade. Tudo remete a uma história de quadrinho, desde as páginas das fases até o modo engraçado dos diálogos, típicos de HQs. Os gráficos são tão realistas que em algum momento terá slowdown por conter tantos elementos simultâneos na tela. O som segue o clima de rock anos 80. A jogabilidade é perfeita com os tradicionais golpes de soco e chute, porém como o game tem momentos de puzzles e a possibilidade de usar itens como o ratinho, o jogo tem uma variação maior de movimentos que os tradicionais beat em ups. O game é curto, mas existem várias caminhos alternativos que prolongam mais o fator replay. É um game totalmente obrigatório, principalmente para os novatos que acreditam que foi Devil May Cry e God od War que inaugurou os jogos de lutas com puzzle. Como eles estão completamente enganados!

08º - Vectorman, 1995 (Sega)

O robô de bolas mostrou ao jogadores que o Mega Drive ainda tinha cartas na manga. Com seus gráficos pré-renderizados modernos cheios de efeitos de luzes e de sombra com animações soberbas jamais vistas em nenhum game anterior da geração 16 bits. É um game de ação de tirar o chapéu. As músicas empolgam e não deixa a peteca cair em nenhum momento. E para vencer todos os inimigos Vectorman é equipado com armas sofisticadas dignas de filmes futuristas.

07º - Sonic The Hedgehog, 1991 (Sega)

O que dizer desse clássico? Fez o Mega Drive tornar sucesso comercial, fez a SEGA ser uma grande fabricante e produtora de jogos e acima de tudo mostrou o potencial gráfico do Mega Drive. São 6 fases que mostrarão pra você toda a essência do ouriço azul mais veloz dos games. Fases clássicas, chefes clássicos, jogabilidade simples e músicas clássicas! Sonic The Hedgehog definitivamente nasceu uma lenda!

06º - QuackShot, 1991 (Sega)


Outro motivo para você acreditar que eu estou falando a verdade, a SEGA era a maior produtora de jogos da época e mais uma vez a prova está aqui. O melhor game de Donald de todos os tempos foi desenvolvido pela SEGA e até hoje jamais foi superado. Os desafios e os puzzles da aventura de Donald são inteligentes e instiga o jogador a procurar e resolver problemas. O game tem gráficos simples, porém tem um nível design bem atraente e ainda com músicas bem agradáveis. Obrigatório para todo gamer fã do gênero plataforma aventura.

05º - Streets of Rage 2, 1992 (Sega)

É aquele típico jogo que você começa e não para de terminar, porque simplesmente ele te aprisiona pela empolgação constante, seja pela música Techno ou pelo nível de ação frenética que ele proporciona. SoR 2 assim como Sonic 2 teve um papel importante para o sucesso do Mega, pois ele mostrava o quão o processador do Mega Drive era veloz deixando os games mais fluidos e rápidos. Nesse game você tem quatro personagens selecionáveis e 8 fases com muita ação. Detalhe habilite o nível Mania, será você capaz de terminar o game nesse nível de dificuldade?

04º - Castle of Illusion Starring Mickey Mouse, 1989 (Sega)

A Sega era a maior produtora de jogos da época, sem dúvida nenhuma e mais uma vez a empresa se supera fazendo uma obra clássica jogada e relembrada  pelos olds gamers. Uma aventura do inicio ao fim encantará você pela beleza artística das fases, pelo som chiclete e pela jogabilidade desafiante. É difícil imaginar o que um jogo da primeira geração do Mega Drive foi capaz de mostrar. Caros leitores, estamos falando aqui de um game que marcou a geração 16 Bits. Lançado em 1989, foi um dos primeiros games do Mega Drive que mostrava o poder da nova geração 16 Bits. Gráficos lindos que retratavam o universo de Disney, animações incríveis de Mickey e outros personagens, músicas e sons que faziam você pensar que estava assistindo aos desenhos animados. Uma obra prima obrigatória para todo gamer!

03º - Disney's Aladdin, 1993 (Sega, Disney e Virgen)

Foi o game do ano de 1993 e é daqueles jogos que é difícil encontrar defeito. Posso ir mais longe, é um blockbuster da época produzida por três gigantes da área: Sega, Disney e Virgin. A aventura de Aladdin é fiel ao filme, desde os detalhes gráficos, a história em si e claro as composições musicais. Até hoje o Aladdin do Mega Drive é citado como exemplo de fidelidade e como se deve fazer um game baseado em filmes. O game possui uma dificuldade desafiante, uma jogabilidade bem variada e 2 bônus extras. O destaque fica para animação dos personagens e pelos detalhes dos cenários que são ricos e coloridos. Um jogo singular que retrata toda a magia dos estúdios de animação da Disney.

02º - Sonic 3 & Knuckles, 1994 (Sega)

Sonic 1 é um clássico indiscutível, Sonic 2 sucesso absoluto de crítica e audiência, mas foi com Sonic 3 & Knuckles que Sonic teve sua maior aventura de todos os tempos. Uma aventura completíssima com 14 fases incríveis, 14 estágios especiais, 3 estágios bônus, modo 2 player com estágios extras e 3 personagens selecionáveis (Sonic, Tails e Knuckles). Além disso o game tem bateria interna para salvar a aventura. Outras novidades estão as novas habilidades, novos itens e claro a aparição de Knuckles. Há e o grande destaque fica por conta de Hyper Super Sonic a segunda transformação de Sonic.

01º - Sonic The Hedgehog 2, 1992 (Sega)

É o jogo obrigatório para todo verdadeiro gamer, Sonic 2 teve vários feitos dentre eles tornar o Mega Drive o console mais desejado dos anos 90 e melhorar em todos os aspectos o game original Sonic The Hedgehog. É considerado como um dos melhores jogos de todos os tempos, e não é pra menos, é um cartucho campeão e praticamente perfeito com belos gráficos, músicas memoráveis, chefes e inimigos memoráveis, final fantástico e uma jogabilidade suprema. O destaque do game foi adição do spin dash, modo 2 player, um novo estágio especial em 3D e Tails como novo personagem da franquia. Simplesmente o game que faz você querer comprar um Mega Drive e mostrar o quão ele é poderoso! Digno de Oscar dos games eletrônicos!

MENÇÕES HONROSAS:


Phantasy Star II
Phantasy Star IV
Shining Force 2
X-men 2 Clone Wars

Out Run
Virtua Racing
Vectorman 2
Toy Story
Pier Solar
Silpheed (Mega CD)
Lunar Silver Star Story (Mega CD)
Alien Soldier
Gunstar Heroes
Fifa Soccer 95
Sonic CD
Alex Kidd in the Enchanted Castle
Altered Beast
McDonalds Treasure Land Adventure
Toki (Juju)
Fatal Fury 2
Tempo (Mega 32X)
NBA Jam Tournament Edition
NBA Live 95
International Superstar Soccer Deluxe
Side Pocket 3
Landstalker
Zombies Ate My Neighbors
Mortal Kombat 3
Ultimate MK 3
Gaiares
Ayrton Senna Super Monaco GP II
Rocket Knight Adventures
SplatterHouse 3
Virtua Fighter 2
Cool Spot
Mickey Mania
Streets of Rage
Streets of Rage 3 (Bare Knuckle 3)
Decap Attack
Phelios
Two Crude Dudes
Flash Back
Yuu Yuu Hakusho Sunset Fighters
Tiny Toon Adventures
Teenage Mutant Ninja Hyperstone Heist
Ghoulsn Ghosts
Super Hang-On
The Adventures of Batman and Robin
Desert Demolation
Eliminate Down
UndeaLine



31 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. BOA LISTA...

    EU SUBIRIA O QUACKSHOT UM POUCO.. + BOA LISTA

    ResponderExcluir
  3. Questão de gosto, listas são muito pessoais e tal, mas sei lá... Games Disney, pra mim, sempre foram diversão de criança. Kid Chameleon, Moonwalker... sempre achei toscos esses games. E ainda tem alguns aí que são menores, ou versões miseráveis, perto do que representa a biblioteca do Genesis. Incluiria clássicos que certamente poderiam estar, sem causar constrangimento, no top 10 como Rocket Knight Adventures, Phantasy Star IV, Shining Force, Ranger-X, Valis III, Alien Soldier, Gunstar Heroes, só lembrando alguns por cima.

    ResponderExcluir
  4. Vc tem razão Rodrigo Sacramento, mas n tem como agradar todo mundo, pq lista nunca deixa de ser uma coisa pessoal. Eu tentei fazer uma lista bem diversificada, pra n ficar predominante os gêneros de ação, coisa que o Mega se destaca. Por exemplo, eu tive que escolhe entre os 3 melhores plataformas de ação com tiro, no caso eram Alien Soldier, Contra e Batman Adventures. Os tres mereciam entrar na lista, mas se colocasse tiraria outros clássicos. Mas não deixei de mencionar eles. Não coloquei Shining Force II e outros rpgs pq não sou fan do gênero, mas reconheço a importância dos mesmos, tanto que coloquei eles como menção honrosa.

    Obrigado pela visita :)

    ResponderExcluir
  5. Vectorman tinha impressionantes efeitos de luz e sombra, eu joguei muito ele, mas os melhores efeitos de luz e sombra são do Super Mario RPG que usava e abusava desses efeitos. Também joguei Contra Hard Corps(Mega) e Contra III(Snes), existe diferença em velocidade, mas não era uma coisa absurda, a diferença não é lá essas coisas, sobre jogos da Disney para o Mega realmente faziam bonito, mas o rival também tinha clássicos como Mickey e Donald 3 e Donald Duck In Maui Mallard, Thunder Force IV usava e abusava do efeito parallax, o Snes também tinha jogo do nível(eu digo do nível mesmo) como Rendering Ranger R2 que era um absurdo(com múltiplos Sprites, explosões impressionantes, planos com transparência e fundo repletos de efeitos Parallax, inimigos gigantes com altura de 2 telas, alta quantidade de Sprites Simultâneos sem nenhum Slowdown, altíssima sensação de liberdade, fora os gráficos absurdos e ótimo som) é um jogo espetacular dos mesmos criadores de Super Turrican 2 que superou e muito o Contra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sobra a sombra posso até concordar,mas no meu ponto de vista, Vectorman tinha efeitos de luz bem mais sofisticados. Sobre Contra n vou comparar pq é mt gritante a diferença de velocidade do game.

      Pra você pode nem ser visível, mas faça um teste, veja o dinamismo do jogo e qtda de inimigos e explosões acontecendo do Contra Hard Corps e faço o msm com Contra III. Não quero q vc n confunda, Contra III é um jogaço e não estou o diminuindo, mas se for comparar a velocidade e a qtda de inimigos, o Contra Hard Corps é bem superior.

      Já o Rendering Ranger R2 vc tem razão, ele bate de frente Thunder Force IV, mas ainda acho Thunder superior na velocidade. Agora realmente, é um jogaço de shooter do Snes. Só tenho elogios pra esse jogo!

      Abç

      Excluir
    2. O Contra do Mega ficou superior na velocidade mesmo, Super Turrican 2 é espetacular(Gráficos 2D lindos com múltiplos efeitos em Mode 7, Cut-Cene Pré-Render (CG na Intro, entre as fazes e final do jogo), Som de Altíssima qualidade fazendo o uso do Dolby Surround, inimigos gigantes, múltiplos tiros e explosões lotam a tela, tela repleta de inimigos sem nenhum slowdown, e como eu disse o Contra III do Snes nem se compara com ele(em tudo, velocidade, efeitos, etc...), Super Turrican 2 é o melhor run n gun do Snes disparado. já no Vectorman quiseram mostrar muito os efeitos de luz e sombra o que atrapalhou muito nos gráficos deixando as fazes muito escuras. Eles bem que podiam fazer o mesmo Aladdin pro Snes, mas o contrato da Capcom tinha acabado, por isso fizeram outro. Tecnicamente as velocidades são a mesma entre Rendering Ranger R2 e Thunder Force IV.

      Seu tópico ficou muito bem feito

      Abraço

      Excluir
    3. esse Super Turrican 2 n conheço, fiquei curioso e vou testar ele. E vlw ai! mais uma vez pela visita :)

      Excluir
  6. Se for jogar pelo emulador use o save state porque além de ser um jogão é muito difícil, dos jogos da sua lista um dos que mais joguei foi o Vectorman, gostei muito dele porque mostraram que o Mega fazia gráficos bons, sobre os efeitos de luzes eram muito bem feitos, o Castlevania Bloodlines também era um jogão, gostei muito do seu blog, acompanho sempre as notícias dele, sucessos, t+

    ResponderExcluir
  7. O que você acha de Axelay? Enormes chefões Multi-segmentados, muitos efeitos em Pseudo 3D em mode 7, ótima trilha sonora, uso perfeito do mode 7, fases horizontais e verticais, as fases em 3D tem lindos efeitos de horizonte, tendo muita sensação de profundidade, as fases em 2D mostram sprites muito grandes e muitos objetos simultaneamente com raro slowdown(muito diferente de Super R-Type), o Snes não é reconhecido como plataforma adequada para Shmups, mas Axelay merece ser reconhecido porque é rápido e fluido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Axelay n precisa falar, é um dos melhores shooters do Snes para os críticos, Eu particularmente n curtia pq me deixava tonto justamente nas fases q tinha essa rolagem de imagem 3D de profundidade né. Bom pra mim o shooter preferido do Snes continua sendo o Sonic Wings.

      Excluir
  8. Pessoal, por favor, tenho os dois games, o mega ganha disparado do snes,thunder force 3 e 4 são monstruosos, alien soldier é de arrasar,street of rage é monumental,strider dispensa comentários, sem falar que o mascote do mega (sonic)dá um banho em velocidade,gráfico e jogabilidade com relação ao do snes (mário),cheguei ao fim de mais de 100 jogos do mega, do snes pouco mais de 20, o mega é muito mais interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho o Mega Drive superior ao Snes em quantidade de jogos clássicos. Foi o videogame que mais curti naquela geração. Mas considero o Snes outro console fantástico. A respeito de shooters e jogos de ação o Mega tem sua vantagem. Em contra partida jogos estilo aventura e rpg o Snes também tinha sua vantagem. São 2 super consoles, devemos respeitar cada um deles e jogar os dois intensamente!

      Claro cada um tem suas preferência mas é fundamental conhecer profundamente os dois para não ficar pré julgando console x por pura ignorância, isso acontece muito com istas doentes q falam mal de consoles concorrentes, sem nem ao menos conhecer bem.

      Né verdade colega?

      Excluir
    2. Verdade Francisco, acho que só quem tem os dois consoles pode fazer uma avaliação e dizer qual é o melhor, e cara, eu tenho atari, mega, snes, play 1,2 e 3, joguei muito em taitorama no centro de Floripa, entendo um pouquinho quando o assunto é game, não tenho preferencia por sega ou nintendo, mas o mega é melhor, assim como hoje eu considero o play 3 um pouco superior aos demais concorrentes. Como você falou, ignorantes julgam um ao outro sem ao menos ter conhecido o mega ou o nintendo.
      Concordo com o que vi em outro site, o snes é ótimo para crianças na faixa etária de até 15 anos, o mega já tem jogos que interessam mais os adultos, mas valeu, o que importa é que ambos trouxeram muita alegria para a galera da época, um abraço.

      Excluir
    3. concordo com seus argumentos, indepedente de gosto de cada um né, snes e mega divertiram mt gente, como PS3 e X360 devem fazer o mesmo. O importante é a diversão. Deixamos as brigas para os istas. Abraço e bom carnaval p vc

      Excluir
  9. Alguns jogos de Mega com grandes efeitos que não estão na sua lista e são obrigatório para todos os retro-games

    1) Adventure of Batman e Robin- efeitos incriveis, este game suga o mega até o milete.

    2) Wonder Boy VI- uma verdadeira obra prima- simplesmente fantástico

    3)Gunstar Heroes- melhor do gênero

    4)Misadventure of flink- excelente game e bons efeitos

    5) Dynamite Heady

    ResponderExcluir
  10. está sim amigo, só não coloquei Dynamite, Wonder e Flink. Faz parte. O Mega Drive tem uma lista imensa de jogaços, Desert Demolation que o diga

    ResponderExcluir
  11. dahora cresci jogando mega drive meus favoritos são o sonic & knuckles (acho que digitei certo), kid chamaleon(que pelejei mto pra zerar), alex kid , another world, bubsy 2, decap attack, jurassic park II, moonwalker, quack shot starring Donald Duck, Star Trek-Deep Space 9-Crossroads of Time (que nao consegui zerar até hoje)...

    ResponderExcluir
  12. já meus favoritos são a serie Sonic, Golden Axe, Streets of Rage, Vectorman, Decapattack, Castle of Ilussion, Road Rash, Earthworm Jim e Comix Zone. Bons tempos, Mega era um console super completo e inesquecível.

    ResponderExcluir
  13. esse jogos sao incrives , bust move , mega bomberman , power ranger might morphin edition fight e a versao the movie sao incriveis ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. esse mega bomberman merece entrar na lista, excelente dica. Obrigado!

      Excluir
  14. Faltou só Asterix e Obelix KKKK
    clássico muito muito legal, só zerava com os passwords.. :|

    ResponderExcluir
  15. Boa lista, mas é um crime não aparecer Gunstar Heroes na lista principal...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fiquei com dor no coração, mas tinha que escolher entre Contra Hard Corps, Batman and Robin Adventures, Alien Soldier e Gunstar Heroes para representar o gênero de ação. Mas eu comentei no ranking a ausencia dele e claro fiz uma menção honrosa.

      Excluir
  16. Clássicos que marcaram a minha vida._Acrescentaria o jogo Sub-terranea,pelo que lembro escreve assim.Alguém conseguiu zerar The Rocket Knight Adventures na dificuldade máxima em que vc não pode ser atingido.?!Onde posso encontrar esses jogos para baixa-los no seu formato fiel como foram concedidos?

    ResponderExcluir
  17. Eu amo este jogo, eu tenho instalado no meu tablet amo este obrigado admin

    xx
    Rafay
    mario jogos

    ResponderExcluir
  18. Galera, melhor jogo do mega, alien soldier. Melhor jogo de nave entre todos os consoles de sua geração, thunder force 4.

    ResponderExcluir
  19. Poxa faltou 2 jogos aí tbm: Battletoads e Simpsons

    ResponderExcluir